quinta-feira, 17 de maio de 2012

Feno-grego e o seu potencial efeito ergogénico

Um estudo efectuado pela universidade de Hardin-Baylor no Texas, demonstrou que o feno-grego (Trigonella foenum-graecum), apesar de não alterar os perfis hormonais dos participantes, aumentou a força no trem superior e inferior.


quarta-feira, 16 de maio de 2012

Melancia, a amiga do coração

Com o Verão à porta, alimentos ricos em água são sempre apetecíveis. E se lhe dissesse que a melancia até pode ajudar no controlo da pressão arterial?

terça-feira, 15 de maio de 2012

Gelo? O novo ergogénico?

Um estudo publicado no International Journal of Sports Physiology and Performance, revelou que a utilização de simples sacos de gelo para arrefecer os músculos entre séries, aumentou (cerca de 21%) o número de repetições por série, respectivamente.



segunda-feira, 14 de maio de 2012

Bodybuildings Latest Scam

By Fred Koch, P-SCE, Filipe Teixeira, P-PTS, TBI-CSN
That seems a strange title for an article, but this is another one of my pet peeves. The new trend, scam, marketing tool is to train each body part one time a week. That is what you read on all the web pages and in all the articles these days. Then I began working with Filipe Teixeira, from Portugal who is a nutritional consultant and has a biochemical background. I now found the guy to help me with the science of writing this article. In this article we will take a step back and look at this new “training method” and see if science and experience can give us a better incite in to this question.


Miostatina vs Folistatina


O exercício aumenta a Folistatina?
A Folistatina é uma TGF-β, e como tal, entre outras funções inibe a acção da miostatina. Esta última, por sua vez, é factor mais do que conhecido como inibidor do crescimento e aumento da massa muscular. Este mecanismo de controlo do crescimento muscular, pode ser comparado a outras funções de regulação/contra regulação presentes no organismo. Podíamos mesmo compará-lo ao movimento regulatório fisiológico insulina/glucagon. Todos estes mecanismos de controlo são de característica marcadamente alostérica, com o objectivo último de garantir o equilíbrio e bom funcionamento do organismo. Esta talvez fosse a melhor forma de definir homeostase.

O paradoxo da miostatina

Todos os dias sou confrontado no ginásio com a frase “é a genética”. Parece servir de desculpa para os que não conseguem perder peso, para os que não conseguem ganhar massa muscular, e não me surpreenderia nada que um dia destes fosse usada como desculpa para o mau tempo ou mesmo para o colapso do sistema económico.


Proteínas: O que são? Como escolher o melhor Whey?

Muito se fala nos dias que passam de proteínas, aminoácidos, hidratos de carbono, gorduras, vitaminas, e uma infindável lista de outras substâncias com pretensas funções ergogénicas para pessoas activas e desportistas. Por agora iremos abordar a questão dos macronutrientes: proteínas, hidratos de carbono e gorduras/ lípidos. Neste artigo serão apenas abordadas as proteínas do soro de leite.

A Pirâmide da Alimentação Saudável Body Temple

A apresentação da nossa pirâmide tem suscitado as mais diversas reacções e questões pertinentes por parte de académicos, clientes e simples anónimos.
Em relação aos objectivos e aspirações da pirâmide, penso que o disclaimer é bastante claro, pelo que não iremos abordar a pirâmide nessa perspectiva.

A Questão proteica. Ácidos aminados ou armadilhados?


Qual a quantidade de proteína certa para atletas de força e culturistas?
Abordar esta questão não é um assunto fácil. Tenho a certeza que mesmo depois deste artigo, o leitor continuará com dúvidas. Muito provavelmente chegará à conclusão de que não existem respostas exactas, pois estas dependem em grande medida de princípios de individualidade bioquímica, traços genéticos etc.

quinta-feira, 10 de maio de 2012

O Polimorfismo CAG

Será a resposta aos androgénios condicionada pela genética?
Está na nossa essência, enquanto seres humanos, procurar sempre a resposta a todas as questões e desafios. Durante séculos, procurámos a cura para diversas enfermidades e disfunções, sempre alicerçando as nossas descobertas em ciências exactas como a Matemática, Física e Química.