sábado, 8 de fevereiro de 2014

Suplementação no futebol, sim ou não?



De uma forma genérica, todos compreendemos que a prática de futebol (sobretudo a alta competição), poderá aumentar as necessidades em micro e macronutrientes. É também um facto, que estas necessidades poderão e deverão ser resolvidas com uma abordagem sobretudo nutricional, a este nível refiro-me apenas à dieta. Contudo no desporto de alta competição, muitas vezes as provas ganham-se por diferenças de segundos, por vezes de ”dois palmos” de terreno. Parecem diferenças irrisórias quando falamos de desportos amadores, mas ao nível do desporto profissional acreditem que 1 segundo ou meio metro é a diferença entre ganhar ou perder. Assim, existem suplementos que podem fazer a diferença no futebol?